terça-feira, 8 de julho de 2014

Valor mínimo para realizar TED é reduzido para R$ 750

O valor mínimo para realizar uma TED (Transferência Eletrônica Disponível) foi reduzido de R$ 1.000 para R$ 750. A TED possibilita a transferência de recursos entre contas de diferentes bancos com compensação no mesmo dia.
A principal diferença da TED para outras formas de movimentação financeira está exatamente no prazo da compensação do crédito, que entra na conta do destinatário no mesmo dia em que a transferência é solicitada. Em outras modalidades, como o DOC (Documento de Crédito) ou mesmo a compensação de cheques, é preciso aguardar pelo menos um dia para a conclusão da operação.
Segundo a Febraban (Federação Brasileira de Bancos), o valor mínimo é estabelecido para evitar que o atrativo da TED gere uma demanda em excesso e sobrecarregue os sistemas de pagamento e de compensação das transações financeiras.
Quando foi criada, em 2002, a TED tinha valor mínimo de R$ 5 milhões. Depois, o piso foi sendo reduzido gradativamente. No ano passado, caiu de R$ 2.000 para R$ 1.000.
A expectativa é que, até o final de 2015, o valor mínimo da TED seja zerado.
DOC MAIS BARATO
Para que o DOC não fique sem função, o Banco Central e instituições financeiras estão acertando uma redução na tarifa cobrada para a realização desse serviço.
Isso porque, diante dos prazos de cada transação e com a mesma tarifa, seria mais vantajoso usar a TED, que permite transferências praticamente em tempo real. No DOC, o pagamento ao destinatário só ocorre no dia seguinte. Com isso, havia a expectativa de que o DOC seria praticamente abandonado.
A expectativa do governo é que a tarifa do DOC caia pela metade. Hoje, os dois produtos têm o mesmo preço.


Fonte: Folha de São Paulo

terça-feira, 1 de abril de 2014

Comentários sobre a Prova CEF 2014 Técnico Bancário

Estamos comentando a prova do dia 30.03.2014. Verifique que existem questões passíveis de se recorrer. A maioria das questões de conhecimentos bancários foram bastante frisadas em nossas aulas.

Julgue os próximos itens, relativos à abertura e à abertura e à movimentação de contas-correntes.
67 É vedada a abertura de conta-corrente em nome de pessoa física que não esteja inscrita no CPF.
 ERRADO. A princípio julguei como ERRADO. Tentei lembrar-me de uma situação que se possa abrir uma conta sem CPF. Não lembrei-me. Voltei atrás e errei.
68 Candidato a cargo legislativo que esteja inscrito no CCF não pode abrir conta-corrente.
ERRADO. Candidato a cargo legislativo é uma pessoa como qualquer outra e frisei diversas vezes em nossas aulas que pode-se abrir conta para pessoa incluída no CCF. O que não pode é entregar folhas de cheques para esta pessoa.
No que concerne ao uso de cheque, julgue os itens seguintes.
69 A instituição financeira é obrigada a fornecer, gratuitamente, até dez folhas de cheques por mês ao correntista que reúna os requisitos legais para o uso desse documento.
CERTO. Citamos em nossas aulas.
70 Em caso de conta-corrente conjunta, a emissão de cheque sem a necessária provisão de fundos acarretará a inscrição de todos os titulares da conta no CCF.
ERRADO. Apesar de vários professores dizerem ao contrário, sempre afirmei em minhas aulas, que é o emitente do cheque que vai para o CCF, contando até o caso que deu origem à resolução.
71 Caso um cheque fique bloqueado por motivo de compensação por prazo superior ao regulamento, o valor depositado deve ser remunerado, por dia de excesso, pela taxa de juros equivalente à taxa referencial do SELIC.
CERTO. Lembrado diversas vezes em nossas aulas.
Julgue os itens que se seguem, referentes ao SPB.
72 Até 2002, o SPB não estava estruturado para que o BCB pudesse acompanhar as operações em tempo real, razão por que a autoridade monetária tinha de arcar com o risco de crédito em eventual inadimplência de alguma instituição.
CERTO. A princípio julguei que estava ERRADO, mas pensando melhor, alterei o primeiro julgamento, lembrando dos bancos que quebraram antes de 2002. O Bacen assumiu as pendências.
73 Caso a instituição financeira que será debitada não apresente saldo suficiente no momento da liquidação, a correspondente mensagem eletrônica enviada ao BCB por essa instituição será imediatamente cancelada.
ERRADO. Discordei do gabarito desta questão. Estou procurando a base para esta afirmação estar errada.
74 A conta de reserva bancária é de titularidade obrigatória para os bancos de investimento e bancos múltiplos sem carteira comercial.
 ERRADO. Em nossas aulas sempre dei ênfase que as instituições financeiras que devem ter conta reserva bancária são as que possuem conta de depósitos à vista. As demais podem ter, não sendo obrigadas.
Com referência às funções do BCB, julgue os itens subsequentes.
75 As agências de turismo autorizadas a operar com câmbio não fazem parte do SFN, mas fazem parte do universo fiscalizável por parte do BCB.
CERTA. Citado em nossas aulas.
76 As operações de arrendamento mercantil, por não serem operações de crédito, não fazem parte do escopo de fiscalização do BCB.
ERRADO. Em nossas aulas sempre frisamos que as empresas de leasing não são instituições financeiras, mas por força de lei (6.099/74) são fiscalizadas pelo Bacen.
77 O CMN, órgão normativo que estabelece as regras de funcionamento dos entes participantes do SFN, é hierarquicamente subordinado ao BCB.
ERRADO. O CMN foi motivo de diversos comentários de nossa parte, inclusive na revisão.
78 Nas operações de mercado aberto, o BCB emite títulos no mercado primário com o propósito de regular a taxa básica de jutos SELIC.
ERRADO. Frisamos em nossas aulas: open Market somente no mercado secundário (está frisado no slide do powerpoint que auxilia nossas aulas).
79 O Brasil segue o regime de metas da inflação. Caso a meta não seja cumprida, o presidente do BCB divulgará publicamente as razões do descumprimento, por meio de carta aberta ao ministro de estado da Fazenda.
CERTO. Fizemos diversas brincadeiras com esta questão lembrando que existia uma questão de prova antiga que dizia que o presidente do Bacen teria que pedir demissão.
No que concerne às entidades operadas do SFN, julgue os itens a seguir.
80 Os bancos de investimento não recebem depósitos à vista, mas estão sujeitos à regulação do sistema de normas de Basileia.
CERTO. Todas as instituições financeiras estão sujeitas a estas normas.
81 Os bancos de desenvolvimento possuem, tal como os bancos comerciais, a faculdade de criar moeda na forma de empréstimos bancários.
 ERRADO. Somente quem pode criar moeda escritural são as instituições que recebem depósitos à vista. Lembram-se do desenho que apresento no powerpoint?
82 As cédulas hipotecárias fazem parte das operações ativas das sociedades de crédito imobiliário.
ERRADO. Está lá, na nossa apostila e no powerpoint apresentado.
83 O financiamento de capital de giro e a subscrição ou aquisição de títulos e valores mobiliários fazem parte das operações ativas dos bancos de investimento.
 CERTO. De novo: na apostila e no powerpoint.

84 As debêntures fazem parte das operações passivas das sociedades de arrendamento mercantil.
CERTO. Por não serem instituições financeiras (vide questão 76) podem emitir debêntures.

85 As sociedades distribuidoras de títulos e valores mobiliários podem intermediar operações no mercado de câmbio.
CERTO. Tá lá na nossa apostila e no powerpoint.

Acerca das funções e das características da CETIP e do SELIC, julgue os itens subsecutivos.
86 As transações realizadas na CETIP envolvem basicamente títulos públicos de renda fixa com alta liquidez.
ERRADO. Os títulos públicos que são transacionados na CETIP são títulos de privatização e títulos da dívida agrária (TDA), que não são nada de alta liquidez.
87 A liquidez das operações na CETIP restringe-se à compensação bilateral.
ERRADO. Comentamos que as operações multilaterais são aquelas que envolvem diversos papéis e transferências ao mesmo tempo.

88 O SELIC funciona em tempo real, com liquidação da operação mediante a transferência dos recursos para a instituição financeira vendedora e a transferência dos títulos para a instituição financeira compradora.
CERTO. Está na apostila e nos slides do powerpoint.
A respeito das funções da CVM, julgue os próximos itens.
89 As bolsas de mercadorias e futuros têm autonomia financeira, patrimonial e administrativa e são fiscalizadas pela CVM.
CERTO. Possuem autonomia financeira, patrimonial e administrativa e são fiscalizadas pela Comissão de Valores Mobiliários.” Cópia de nossa apostila.

90 A CVM é uma entidade privada sem fins lucrativos, com personalidade jurídica e patrimônio próprios, dotada de autoridade administrativa independente.
ERRADO. “A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) também é uma autarquia vinculada ao Ministério da Fazenda,...” – cópia de nossa apostila.
91 Compete à CVM manter o registro de companhias para negociação em bolsa e em mercado de balcão.
CERTO. Se ela faz o registro, ela mantém.
Com relação ao CRFSN, julgue os itens a seguir.
92 Compete ao CRSFN julgar, em primeira instância, as infrações e penalidades relativas à legislação cambial.
ERRADO. Como frisamos em nossas aulas: julgar em SEGUNDA e última instância.

93 Constitui atribuição do CRSFN julgar a aplicação de multas e custos financeiros associados a recolhimento compulsório.
CERTO. Julguei com ERRADO e caí do cavalo. A banca não está errada. O recolhimento compulsório é obrigação dos bancos que tem, principalmente, depósitos. Assim, qualquer falha no recolhimento pode gerar multa e os banco podem recorrer ao CRSFN.

Julgue os seguintes itens, relativos à formulação e execução da política monetário no Brasil.

94. A redução da alíquota do recolhimento compulsório e a compra de títulos  em operações de mercado aberto são exemplos da adoção de política monetária expansionista, uma vez que ambas elevam a quantidade de moeda em circulação na economia.
 CERTO. Isto foi exaustivamente detalhado em nossas aulas.
95. O Brasil adota, desde 1999, o sistema de metas para a inflação, em que o BCB define a meta para a inflação, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), sobre a qual são aplicados intervalos de tolerância, definidos em lei, de mais ou menos 2%.
 ERRADO. Afirmamos, em nossas aulas, que é o CMN que defina a meta para a inflação.
96. O BCB está autorizado a instituir recolhimento compulsório de até 100% sobre os depósitos à vista e de até 60% sobre as demais operações passivas das instituições financeiras.
 CERTO. Lei 7.730 de 1989.
97. Operações de redesconto bancário são operações compromissadas realizadas entre o BCD e instituições previamente credenciadas, denominadas dealers, com o fim de assistência financeira de liquidez.
 ERRADO. Dealers são acionados nos leilões de títulos públicos federais no mercado primário e leilões de moeda estrangeira pelo Bacen.
98. As operações de mercado aberto são transações, realizadas diariamente, de compra e vendas  de títulos da dívida pública emitidos pelo BCB com o objetivo de controlar a liquidez do sistema bancário.
ERRADO. Considerei como CERTO e errei. Caí na pegadinha. Os títulos são emitidos pela União e administrados pelo Bacen. O Bacen não pode emitir títulos.
Com relação às características e funções do mercado monetário e do mercado de crédito, julgue os itens que se seguem.

99. No mercado monetário, a oferta de moeda é definida delo BCB e atende à seguinte relação: quanto maior dor a taxa básica de juros de economia, maior será a demanda por moeda.
 ERRADO. Explicamos diversas vezes o mecanismo em nossas aulas. Questão de lógica. Se os juros estão altas, a procura diminui. Se os juros estão baixos, a procura aumenta.
100. São operações típicas do mercado monetário e conhecidas como operações compromissadas as operações de compra com compromisso de revenda, assumindo pelo comprador, ou venda com compromisso de recompra, assumindo pelo vendedor.
 CERTO. Não comentamos sobre operações compromissadas em nossas aulas, mas basta usar a lógica para acertar.
101. O mercado de balcão compreende as operações realizadas fora do ambiente de bolsa, com ativos não padronizados, que se amoldam às necessidades específicas de cada parte envolvida na transação.
 CERTO. Utilizamos uma aula toda para explicar o funcionamento do mercado de balcão, dando ênfase ao fato de ser um mercado diferente do mercado de bolsa.
102. Em caso de alienação do controle acionário de uma companhia, o acionista adquirente é obrigado a realizar oferta pública de aquisição das demais ações ordinárias e preferenciais, podendo, nesse caso, aplicar um desconto de, no máximo, 10% em relação ao valor pago pelo bloco de controle.
ERRADO. Durante a correção ao vivo pelo Aprova Concursos, explicamos que a oferta tem que ser idêntica.
103. As ações preferenciais, embora não deem direito a voto ou restrinjam o exercício desse direito, conferem prioridades na distribuição de dividendos aos seus titulares.
CERTO. Explicado diversas vezes em nossas aulas.
104. Uma companhia é considerada fechada se menos de 50% dos valores mobiliários de sua emissão, inclusive as debêntures, são admitidos à negociação no mercado secundário.
ERRADO. Não tem “meio aberta”.
105. Debêntures são títulos de dívida de médio e longo prazo, emitidos por sociedades por ações, de capital aberto ou fechado, e utilizados para o financiamento de seus projetos.
CERTO. Exatamente a definição que apresentamos em todas nossas aulas.
106. As operações de compra e de venda de moeda estrangeira de até U$$ 3,000,00 são dispensadas da formalização de contrato de câmbio, mas devem ser registradas no Sistema Câmbio, administrado pelo BCB.
CERTO. Fizemos, inclusive, exercícios usando esta questão.
107. A Secretaria de Comércio Exterior, a Receita Federal do Brasil e o Banco Central do Brasil são os órgãos gestores do Sistema Integrado de Comércio Exterior, que controla as exportações e importações realizadas no país.
 CERTO. Quem assistiu nossas aulas deve se lembrar que falei, inclusive, que o projeto piloto do Siscomex foi realizado em Blumenau.
108. O mercado brasileiro de câmbio é composto pelo mercado de câmbio de taxas flutuantes (turismo) e pelo mercado de câmbio de taxas livres (comercial), cada um com atribuições específicas, definidas pelo BCB.
ERRADO. Estes dois mercado foram unificados em 1975.
109. O BCB pode conceder autorização para a prática de operações no mercado de câmbio aos bancos de desenvolvimento, às sociedades corretoras de títulos e valores imobiliários e às sociedades distribuidoras de títulos e valores mobiliários, entre outras instituições.
 CERTO. Está lá, em nossa apostila e no regulamento do mercado de câmbio.
110. A emissão de títulos públicos pelo Tesouro Nacional é uma operação de mercado primário: a compra e venda desses títulos pelo BCB, como medida de política monetária, é realizada no mercado secundário.
 CERTO. Muito comentado em nossas aulas.
111. A oferta pública de ações para o aumento do capital social de uma companhia de capital aberto é classificada como uma operação de mercado secundário.
 ERRADO. Para aumento de capital é mercado primário. Quem estudou conosco não errou.
112. O mercado primário é aquele em que os investidores, após adquirirem títulos ou valores mobiliários diretamente do emissor, podem negociar e transferir entre si esses ativos, seja no ambiente de bolsa de valores, seja no mercado de balcão organizado.
 ERRADO. Este é o mercado secundário.
113. O Microcrédito Crescer CAIXA oferece créditos de R$ 300,00 a R$15 mil, com prazo de pagamento de até doze meses, para o empreendedor pessoa física que deseje investir na compra de equipamentos ou material de construção para aprimorar o seu negócio.
CERTO. Lembrando que, desde que o material para construção seja utilizado no imóvel que servirá  aos negócios do empreendedor.
114. O Penhor CAIXA é uma linha de crédito não renovável, no valor de até 130% do bem oferecido em garantia, cujo pagamento pode ser parcelado pelo prazo de até cento e oitenta dias.
ERRADO. A linha de crédito é renovável. Frisado em nossas aulas.
115. As casas lotéricas podem atuar como correspondentes bancários de outras instituições financeiras no país, mas a exploração dos serviços da Loteria Federal do Brasil é exclusiva da CAIXA.
 ERRADO. As lotéricas são correspondentes bancários exclusivas da Caixa. Frisamos em nossas aulas.
116. O programa Minha Casa Minha Vida oferece financiamentos imobiliários para famílias com renda mensal de até R$ 5 mil.

 CERTO. Considero que é passível de recorrer. Veja o que diz as “Perguntas Frequentes” da Caixa sobre o programa: 5. Qual o valor que a minha renda alcança para o financiamento da minha casa?

• Renda Familiar de 0 a 3 salários mínimos (até R$1.530,00): você pode financiar até R$52.000,00, dependendo da cidade em que está. 
Renda Familiar de 3 a 10 salários mínimos (R$1.530,00 a R$5.100,00): você pode financiar até R$130.000,00, dependendo da cidade em que está. 
• Renda familiar acima de 10 salários mínimos (mais de R$5.100,00): você ser atendido pelo programa de um jeito diferente. Houve aumento no limite de valor do imóvel para uso do FGTS, redução de impostos e de juros.
Lembramos que o salário mínimo hoje é de R$ 724,00. Então, pode-se financiar famílias com renda até R$ 7.240,00.
117. Nas cidades com população igual ou superior a 250 mil habitantes, são elegíveis a financiamento imobiliário no âmbito do programa Minha Casa Minha Vida os imóveis com valor de avaliação de até R$ 175 mil.
ERRADO. Valor correto é R$ 145.000,00.
118. A cobrança do uso de cartões de crédito emitidos por instituições financeiras está limitadas a três tarifas específicas: anuidade, segunda via do cartão magnético e uso da função saque.
 ERRADO. Existem outras tarifas que podem cobradas, como 2ª via da fatura, por exemplo.
“Quais tarifas podem ser cobradas pela emissora do cartão de crédito?
É admitida a cobrança de cinco tarifas, válidas tanto para os cartões básicos quanto para os diferenciados. São elas:
a. anuidade;
b. para emissão de 2ª via do cartão;
c. para retirada em espécie na função saque;
d. no uso do cartão para pagamento de contas; e
e. no caso de pedido de avaliação emergencial do limite de crédito.” Fonte Bacen
119. O valor mínimo da fatura de cartão de crédito emitida por instituições financeiras, a ser paga mensalmente, não pode ser inferior a 20% do saldo total da fatura.
 CERTO. Considero ERRADA. Passível de se recorrer. O mínimo é 15%. Conferi na minha fatura deste mês.
Por determinação do Banco Central do Brasil, através da Circular 3512 de 2010, o valor mínimo da fatura de cartão de crédito a ser pago mensalmente não pode ser inferior a 15% do saldo total da fatura. Esta regra passou a valer a partir de 1º de junho de 2011.
Apesar de, nesta mesma Circular, haver uma determinação para que este percentual mínimo passasse a 20% a partir de 1º de dezembro de 2011, em novembro de 2011, através da Circular 3563, ela foi revogada (está no artigo 4º da Circular). Com isto, o percentual de pagamento mínimo da fatura de cartão de crédito continuou em 15%.

120. A cobrança de tarifa para a emissão de segunda via de cartões com a função débito é permitida nos casos de pedidos de reposição formulados pelo correntista e decorrentes de motivos não imputáveis à instituição financeira emitente.
CERTO. Como disse diversas vezes, quando é por vencimento não pode ser cobrada tarifa. Quando é culpa do cliente, por danos ou perda, pode-se cobrar.


sexta-feira, 28 de março de 2014

Comentário dos Gabaritos da CEF ao Vivo

Domingo, 30.03, às 20:30 hs. estaremos comentando todo o conteúdo da prova para o concurso técnico bancário. Será ao vivo, através da internet.
Endereço: www.aprovaconcursos.com.br/noticias.
Todos estão convidados a assistir.

sábado, 8 de fevereiro de 2014

Preparatório para Caixa Econômica Federal


Pessoal, estarei ministrando aulas de Conhecimentos Bancários, já com as novidades do edital 2014, no curso Luiz Carlos. Endereço:Rua Voluntários da Pátria, 103, 1º andar - Centro - Curitiba - PR.



quinta-feira, 23 de janeiro de 2014

Edital para concurso da Caixa Econômica Federal foi publicado

Hoje, 23 de janeiro, foi publicado o edital para o concurso público para formação de cadastro reserva para o cargo de técnico bancário novo - Carreira Administrativa - da Caixa Econômica Federal.
Você pode acessar o edital através do endereço: http://www.cespe.unb.br/concursos/caixa_14_nm/
O edital, na parte de conhecimentos bancários, continua o mesmo com acréscimos, que são:
Programa Minha Casa, Minha Vida; Credito Rural; Microcrédito Produtivo Orientado; Penhor; Loterias; Financiamento Estudantil (FIES) e Correspondentes Bancários.

Este final de semana estarei reformulando a apostila contemplando os acréscimos.
Não se esqueça: as inscrições vão 24.01 a 11.02. Valor da inscriçao: R$ 37,00.
Dia do concurso: 23/03/2014.

Para os interessados: Estou ministrando aulas no Curso Ordem Mais e gravando aulas, que podem ser adquiridas pela internet, no Aprova Concursos.

domingo, 19 de janeiro de 2014

Concurso Caixa Econômica Federal

Segunda-feira, dia 21/01, começa turma CEF 2014 no Curso Ordem Mais. Estarei presente a ministrando Conhecimento Bancários nos dias 21, 22, 23, 28, 29, 30 de janeiro, 04, 05, 06, 11 e 12 de fevereiro. Inclui mais de 30 exercícios.
Tenho muito orgulho do índice dos candidatos que comigo estudaram em gabaritarem na matéria.
Durante as aulas estarei sorteando livros.
Estarei no aguardo da presença de vocês.
Que mais detalhes?
(41) 3322-4040.
Caso você diga que está se matriculando por ter visto minha propaganda, avise. Eu, pessoalmente, te darei um livro, que você escolherá entre 10 títulos.

quarta-feira, 15 de janeiro de 2014

Concurso da Caixa em 2014 para Técnico Bancário será coordenado pelo CESPE/UNB












oncurso
 público da Caixa Econômica Federal servirá para formação de cadastro reserva no cargo de Técnico Bancário Novo. Oportunidades serão para vários estados do país e salário inicial do cargo é de R$ 1.744,00, mais benefícios oferecidos pelo banco. Cespe/UnB foi contratado para organização de dois concursos no órgão
.

Aulas para a Caixa Econômica Federal

Dia 21/01 inicio aulas para o concurso da Caixa Econômica Federal. Estarei ministrando aulas no Ordem Mais.

domingo, 10 de novembro de 2013

Aula Demonstrativa de Conhecimentos Bancários

Além das aulas presenciais que ministro, tenho ainda aulas no Aprova Concursos. São aulas para a Caixa Econômica Federal e Banco do Brasil. No edital do Banco do Brasil está incluído a matéria Atualidades do Sistema Financeiro. Assistam uma parte da primeira aula que gravei para o Aprova Concursos.









sábado, 7 de setembro de 2013

Venda de Videoaulas - Conhecimentos Bancários - Interpretação de Texto - Informática e outros




Concurseiros, o Sebo Ousados colocou em promoção as videoaulas constantes das imagens acima e outros.
CONHECIMENTOS BANCÁRIOS PARA CONCURSOS (sou o professor) - de R$ 57,00 por R$ 40,00 + R$ 5,00 do frete. Além de 10 aulas, com um total de 6 horas e 35 minutos, tem 2 videolivros totalizando 10 videoaulas e um livro digital dom 194 páginas. ATENÇÃO: temos apenas 2 volumes.
INTERPRETAÇÃO DE TEXTO PARA CONCURSOS: de R$ 40,00 por R$ 30,00 + R$ 5,00 do frete. Além de 10 aulas, com um total de 5 horas e 40 minutos, tem 1 videolivro totalizando 10 videoaulas e um livro digital com 204 páginas. ATENÇÃO: temos apenas 2 volumes.
INFORMÁTICA PARA CONCURSOS: de R$ 57,00 por R$ 40,00 + R$ 5,00 do frete. Além de 10 aulas, com um total de 6 horas e 10 minutos, tem 2 videolivros totalizando 10 videoaulas e um livro digital com 536 páginas. ATENÇÃO: temos apenas 2 volumes.

Caso tenham interesse, liguem para (41) 3029-4325, falar com Ana ou envie e-mail para ousados@ousados.com.br.
Outros títulos no mesmo estilo (videoaulas, videolivros e livro digital):
CURSO DE ESPANHOL de R$ 70,00 por R$ 50,00; (1 volume)
FINANÇAS PÚBLICAS PARA CONCURSOS de R$ 40,00 por R$ 30,00;
REDAÇÃO PARA VESTIBULAR nivel médio - Volumes I e II - R$ 30,00 cada um;
APRENDA A INVESTIR NA BOLSA DE VALORES: de R$ 40,00 por R$ 30,00.
PREPARATÓRIO PARA O ENEM (vários títulos) - de R$ 57,00 por R$ 40,00.